segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Manifesto Resgatense!


"Repudiamos os muros que nos contêm e nos separam. Toda e qualquer forma de opressão. O sistema elitista de ensino. O sistema restritivo de ingresso à universidade. O mito da meritocracia em uma sociedade tão desigual. Repudiamos o sistema capitalista com todas as suas formas perversas de existência.
Lutamos pelo acesso universal e irrestrito ao ensino superior. Por uma educação pública e gratuita de qualidade em todos os níveis. Por um mundo livre de racismo, machismo, LGBTfobia e todas as outras formas de opressão. Por uma sociedade onde os diferentes tipos de profissões sejam igualmente valorizados. Lutamos por uma sociedade onde a classe popular tenha poder para decidir o seu futuro.
Sonhamos que o coletivo supere o individualismo. Que o amor supere a indiferença. Que empatia supere a intolerância. Que a esperança supere o medo. Que a utopia se torne realidade. Sonhamos com o dia em que movimentos como o Resgate Popular não precisem existir.
Luta melhor quem sonha!"
21 de novembro de 2015


"Acreditamos e, por isso, lutamos por uma educação que não seja privilégio, por uma educação que não seja alienante e individualista; por instituições de ensino que não pareçam prisões e fábricas, que não tenham uma lógica mercantilista, por instituições de ensino que não disciplinem mentes, nem esmaguem sonhos.

Acreditamos e, por isso, lutamos por uma educação feita com responsabilidade, que seja pública, universal e de qualidade em todos os níveis. Por uma educação que cultive o saber popular e nele esteja pautada, construída pelo povo e para o povo, uma educação justa, igualitária, que valorize o coletivo e abrace todas as suas diversidades. Por uma educação que não seja uma ilha de saberes usufruída por poucos, mas, sim, que sirva a toda a sociedade, que sirva ao povo!

Acreditamos e, por isso, lutamos pelo socialismo, pelo direito de sonhar. Luta melhor quem sonha!"
06 de dezembro de 2015

Nos dias 21 de novembro e 06 de dezembro, foram realizados encontros de formação com  professoras, professores, colaboradoras e colaboradores do Resgate Popular em que foram escritos os manifestos acima.

Núcleo de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário